Alimentos que reduzem o colesterol

Muitas pessoas buscam hoje em dia mudar a sua dieta pode ajudar a reduzir, sem o uso de remédios, as taxas do seu colesterol, cujos níveis elevados podem ser prejudiciais ao coração e aos vasos sanguíneo. Conheça aqui 20 alimentos que o ajudam a baixar os níveis de colesterol.
As pessoas que possuem níveis elevados de colesterol no sangue podem beneficiar de algumas escolhas alimentares que ajudam a combater esse problema, que é um dos grandes responsáveis por doenças cardiovasculares como o acidente vascular cerebral (AVC).

Reduzir o colesterol por meio da alimentação.

alimentos-que-reduzem-o-colesterol-01

Geralmente os alimentos que reduzem o colesterol podem realizar essa tarefa de diferentes maneiras. Algumas contêm fibras solúveis, que retiram o colesterol do corpo antes mesmo que ele entre na circulação. Outras são ricas em substâncias químicas que bloqueiam a absorção dessa gordura na parede dos vasos sanguíneos.
Dessa forma, reduzir o colesterol na corrente sanguínea por meio da alimentação requer uma dupla estratégia, nomeadamente o reduzir drasticamente os produtos que aumentam o colesterol e passar a consumir, de forma equilibrada, o maior número possível de alimentos que ajudam a reduzir os seus níveis.

Causas e diagnósticos de um colesterol Elevado.

alimentos-que-reduzem-o-colesterol-02
Alimentos que reduzem o colesterol

É fato que manter um peso saudável e praticar exercícios regularmente são fundamentais – quilos em excesso aumentam o LDL, enquanto o sedentarismo reduz as quantidades de HDL, que atua como um protetor do coração. Veja alguns alimentos que o ajudam a baixar os níveis de colesterol:

Peixes ricos em ômega 3 (salmão, atum, bacalhau, etc): essa substância auxilia no controle e na redução do colesterol e dos triglicérides.

Soja e derivados: ricos em vitamina E, aumentam os níveis de HDL, o bom colesterol

Tomate: o licopeno presente nesta fruta não se limita a ajudar a prevenir o cancro da próstata, mas também reduz o colesterol na corrente sanguínea.

Chia: rica em fibras e ômega 3, uma combinação poderosa contra o colesterol.

Laranja, limão e outras frutas cítricas: são ricas em fibras solúveis e ainda contêm altas doses de vitamina C, uma dupla poderosa contra o colesterol alto.

Nozes em geral: ajudam na redução do colesterol porque são ricas em gorduras poli-insaturadas. Na circulação sanguínea, elas reduzem o LDL.

Morango e frutas vermelhas: lotados de antioxidantes, que inibem a oxidação das partículas LDL (o colesterol ruim).

Quinoa: além de alto teor de fibras, contém saponina, uma substância que reduz o colesterol produzido no fígado.

Óleos vegetais de canola e girassol: são ricos em fitoesteróis, substâncias que barram a absorção de gordura da dieta, o que favorece a redução do colesterol.

Linhaça: fonte de ômega 3 e ácido linoleico, reduz o colesterol e a glicose no sangue.

Quiabo: Possui uma grande quantidade de fibras solúveis ajudam a reduzir o colesterol no sangue.

Alho: rico em uma substância chamada saponina, que reduz o colesterol ruim (LDL).

Berinjela: Contêm (principalmente na casca) antocianinas, substâncias que reduzem colesterol total, frações e ainda os triglicerídeos.

Uva e sumo de uva: O resveratrol, presente tanto na fruta quanto no sumo integral dela, ajuda a baixar o colesterol.

Cebola: além de reduzir o colesterol, tem ação anti-inflamatória, que impede a formação de coágulos nos vasos sanguíneos.

Maçã: É rica em fibras solúveis e contém altas doses de flavonoides e antioxidantes que reduzem o colesterol no sangue.

Feijão: rico em fibras solúveis quando adicionado à dieta proporciona reduções significativas do colesterol total e do LDL.

Cevada e outros grãos integrais: eles contêm bons níveis de fibras, selénio e beta-glucano, uma substância que ajuda a baixar o colesterol LDL, o mau colesterol.

Abacate: rico em ácido oleico, substância que protege contra o acúmulo de LDL (o colesterol ruim) e ajuda a manter as taxas de HDL no sangue.

Aveia: Contém uma fibra que auxilia na redução do colesterol LDL. Consumir 3g dessa fibra pode reduzir em até 20% o colesterol total.