Drogaria Ultrafarma – Adquira Medicamentos no www.ultrafarma.com.br

Drogaria Ultrafarma

É claro que ninguém espera ficar doente e assim precisar tomar medicação e os demais cuidados para sua recuperação não é mesmo, até porque os preços dos remédios hoje em dia consomem grande parte do salário de muitas famílias.

Porém, para facilitar um pouco a vida das pessoas que se encontram nesta situação, a Drogaria Ultrafarma criou a quase 15 anos atrás um serviço inédito e que revolucionou este setor no Brasil, que foi a criação de sua loja virtual de medicamentos, onde através dela milhões de consumidores passaram a comprar seus remédios e demais produtos de cuidados com a saúde com maior conforto, recebendo-os em casa, e o melhor, com preços bem mais baratos que das farmácias tradicionais.

Além de primeira empresa do setor a oferecer medicamentos e demais produtos de cuidados com a saúde através da internet em sua Loja Virtual, a Ultrafarma foi ainda a pioneira na revenda de medicação genérica, propiciando aos seus clientes desde então uma economia que pode chegar até 80% no preço dos medicamentos, sem falar é claro nas constantes promoções que oferecem através do site www.ultrafarma.com.br principalmente.

Com todo este pioneirismo, inovação de mercado, oferta de produtos de altíssima qualidade com preços baixos e agora toda experiência adquirida, a empresa se tornou referência no mercado, sendo inclusive uma das maiores do setor.

Ultrafarma

 

Drogaria Ultrafarma Medicamentos

Através do site da Ultrafarma podemos encontrar uma grande diversidade de medicamentos e produtos de cuidados com a saúde, todos eles de qualidade asseguranda, pois a empresa atua sob rígidos processos de controle de qualidade e realiza constantes fiscalizações.

É importante citar ainda que a Loja Virtual Ultrafarma não faz a venda online de medicação ou remédios controlados, pois existe é claro nestes casos a obrigação da apresentação e retenção da receita emitida por um médico.

Neste momento é possível afirmarmos que a Drogaria Ultrafarma oferece aproximadamente 15 mil produtos e medicamentos a venda no www.ultrafarma.com.br, e para adquirir qualquer um deles conforme a sua necessidade, basta apenas acessar o site, fazer a sua pesquisa pelo medicamento que precisa, checar a disponibilidade do mesmo e então realizar a compra.

Site da Ultrafarma (www.ultrafarma.com.br) – Mais Comodidade Para sua Vida

Verificando ainda o site da Ultrafarma, podemos encontrar os melhores preços do mercado em medicamentos como dissemos anteriormente. Além disso, os serviços de entrega são muito eficientes, pois em curtíssimo tempo o consumidor receberá em casa sua encomenda, muitas vezes até no mesmo dia da compra (dependendo é claro da localização da casa do cliente).

Deseja conferir pessoalmente a veracidade de todas estas informações? Pois então acesse agora mesmo o site da Ultrafarma através do endereço www.ultrafarma.com.br ou então clique no seguinte link: “Site Ultrafarma“. Consulte calmante todos os produtos, seus preços e só então faça sua compra com toda tranquilidade e economia.

E você já é cliente desta empresa líder de mercado? Caso a resposta seja afirmativa, compartilhe então conosco sua experiência ao realizar suas compras online através do portal da empresa e auxilie os demais futuros consumidores a comprar e economizar em suas compras.

Caso encontre também alguma dificuldade ou tenha dúvidas sobre como comprar online, nos escreva suas dúvidas no formulário de comentários abaixo que responderemos na sequência.

Garganta Inflamada – O que Fazer, Principais Sintomas e Remédios

Garganta Inflamada

Por mais simples que possa parecer em um primeiro momento, ter uma inflamação na garganta pode causar muita irritação e sérias dificuldades para a pessoa que se adoentar, isso porque a garganta inflamada causa uma sensação de irritabilidade e constante ardência nas “paredes” da região, sem falar da grande dificuldade para engolir alimentos sólidos e até mesmo os líquidos.

Este problema pode ser causado tanto por vírus quanto por bactérias, sendo que normalmente na apresentação de febre baixa (menos de 38ºC), a garganta pode estar inflamada devido a uma infecção viral. Já na presença de febre alta (mais de 38ºC), é muito alta a chance de ter ocorrido uma infecção bacteriana.

Garganta Inflamada – O Que Fazer?

Independente do que quer que esteja causando esta infecção, é de fundamental importância consultarmos um médico aos primeiros sinais e sintomas, para que cuidemos corretamente do problema sem ter quaisquer consequências mais graves, pois somente este profissional poderá prescrever um tratamento a base de antibióticos corretamente.

Remédios Caseiros

É claro que uma consulta ao médico é indispensável como dissemos anteriormente, porém, sabemos também que existem plantas com altas propriedades medicinais e que podem aliviar os principais sintomas apresentados pelos pacientes durante uma crise de dor de garganta.

Se a causa da infecção for principalmente viral, ela poderá ser tratada inicialmente com plantas medicinais com propriedades mucilaginosas e antiflogísticas, pois as mesmas podem aliviar os sintomas da garganta inflamada e ainda podem estimular a função “auto-curativa” das mucosas.

Ótimos exemplos destas plantas com propriedades medicinais para alívio da dor de garganta são a malva, sálvia, alteia e camomila, sendo que todas podem ser consumidas através da preparação de chás, sempre na proporção de 1 colher de sopa da erva escolhida para cada xícara de água fervente.

Outras sugestões de “remédios caseiros” que recomendamos e que são excelentes para combater as dores de garganta são os seguintes:

Maçã com mel

Evite primeiramente consumir líquidos gelados ou muito quentes, pois os mesmos podem causar ainda mais irritação no local devido as temperaturas extremas.

Para aliviar as dores, fatie uma maçã, cubra com mel e deixe descansando por três minutos e consuma. Esta fruta tem a propriedade de reduzir a inflamação local enquanto o mel tem ação lubrificante e calmante. Ingira cerca de duas unidades ao longo do seu dia.

Gengibre

O gengibre pode ser utilizado para tratar de uma simples gripe, dores na garganta, má digestão, entre outros. Ele auxilia a aliviar amigdalite, gripes, resfriados, gases, cólicas e dores musculares. Prepare-o na forma de chá e ingira-o pela manhã, à tarde e à noite. Ele não é indicado apenas para gestantes com menos de 3 meses de gravidez.

Limão

Outra simples e eficiente receita caseira são os gargarejos a base de suco de limão com água morna e uma pitada de sal, que podem ser feitos o dia todo e realmente trazem alívio aos sintomas e incômodos da inflamação.

Confira no vídeo abaixo mais algumas informações e práticas que podem ser muito úteis no alívio dos sintomas.

Principais Sintomas da Garganta Inflamada

Um paciente para ter diagnosticado realmente que está com uma inflamação de garganta, precisa apresentar alguns ou todos os seguintes sinais e sintomas:

  • desconforto (irritação e ardência) na região das paredes da garganta;
  • dor na região ao tentar engolir alimentos líquidos e/ou sólidos;
  • dificuldade de falar;
  • apresentação de vermelhidão e inchaço na garganta;
  • febre menor que 38ºC (provavelmente infecção viral);
  • febre maior que 38ºC (provavelmente infecção bacteriana);
  • ocasionalmente pode ocorrer presença de mal hálito.

Principais Causas

Dentre as principais causas da garganta inflamada, podemos citar as relacionadas abaixo:

Faringite

A faringite nada mais é do que uma inflamação na faringe, como o próprio nome diz. A faringe é uma estrutura da garganta que fica localizada no final da boca. Geralmente a infecção nesta região é causada por vírus, porém, se não tratada poderá evoluir para uma amigdalite bacteriana. A inflamação desta região da garganta também pode ter como causas uma sinusite ou então o refluxo.

Dentre os principais sintomas da faringite estão: dor ao engolir alimentos, dor ao falar e até mesmo ao bocejar, mal-estar geral, vermelhidão na parede no fundo da boca e furinhos vermelhos chamados aftas. Se a infecção for bacteriana, poderá ocorrer ainda formação de placas de pus.

O tratamento desta inflamação poderá ser administrado com uso de analgésicos e antitérmicos (dipirona ou paracetamol). Porém, caso não ocorra melhora após um dia tomando esta medicação, procure rapidamente um médico, pois a infecção pode ser bacteriana e você necessitará tomar antibióticos.

Amigdalite

Como o nome também já revela, a amigdalite nada mais é do que uma inflamação nas amígdalas (tecidos arredondados que ficam um de cada lado na parede lateral da garganta). Geralmente as apresentações de inflamação nesta região se dão por infecção viral, porém, infecções causadas por bactérias também podem ser frequentes.

Entre os principais sintomas referidos pelos pacientes estão: dor intensa na região principalmente para engolir os alimentos, sejam eles sólidos ou líquidos, presença de febre, mal-estar geral e indisposição para quaisquer atividades.

Um fato importante a se observar em relação as amígdalas é a seguinte: caso estejam inchadas e a região avermelhada, podemos suspeitar de uma infecção viral, já se houverem aparições de feridas vermelhas com placas de pus, certamente teremos uma infecção causada por bactérias.

O tratamento da amigdalite viral se dá do mesmo modo que as indicações feitas para a faringite (com analgésicos e antitérmicos), porém, novamente, se você identificar o “pus”, marque uma consulta com seu médico o mais rápido possível para combater uma possível infecção bacteriana.

Laringite

Deve-se tomar cuidado para não confundir a laringite ( região da laringe localiza-se mais abaixo no pescoço, na região do “pomo de Adão”, onde a voz é produzida) com a faringite. Normalmente, a inflamação da laringe acontece é causada por vírus e esta região é localizada apenas por médicos especializados no assunto.

Dentre os principais sintomas da garganta inflamada nesta região estão: apresentação inicialmente de dor localizada na região da laringe, logo após isso poderá ocorrer uma rouquidão e por fim surgir uma tosse seca e irritativa.

O tratamento desta inflamação na garganta novamente é baseado no proposto para a faringite, porém, caso a rouquidão dure mais de uma semana, marque uma consulta com seu médico, principalmente se você consome bebidas alcoólicas e fuma muitos cigarros. Esta necessidade se deve ao fato de descartarmos ou então diagnosticar brevemente possíveis complicações, como câncer na laringe por exemplo.

No vídeo abaixo você confere mais informações sobre as principais causas da dor e inflamação da garganta.

Por fim, recomendamos mais uma vez que você se dirija brevemente a um médico especialista para ter o diagnóstico correto do seu problema, evitando assim possíveis complicações tardias.

Caso deseje colaborar com alguma informação basta utilizar o formulário de comentários logo abaixo.

Cloridrato de Ciclobenzaprina – Bula, Indicações e Efeitos Esperados

Cloridrato de Ciclobenzaprina

Neste nosso artigo, objetivamos reunir informações de conhecimento geral a respeito de um medicamento (substância) que está muito em uso atualmente, que é o Cloridrato de Ciclobenzaprina. As informações se referem às suas indicações, efeitos esperados, efeitos adversos, preço médio, indicações, contraindicações, características principais, entre outras contidas na bula.

Porém, deixamos claro antes de iniciar, que recomendamos apenas que você faça uso deste medicamento ou de outro qualquer, apenas com indicação médica, pois consumir qualquer medicação sem orientação pode trazer graves riscos a nossa saúde, pois não temos conhecimento necessário para saber de todas as interações do produto no organismo.

Relatado isso, podemos começar dizendo que o Cloridrato de Ciclobenzaprina é um relaxante muscular, que com frequência é indicado para o tratamento de espasmos musculares (contração muscular anormal) associados a dores agudas e constantes de origem musculoesquelética.

Quaisquer dores são muito incomodas, porém, quem já teve alguma dor muscular sabe realmente o quão difícil é lidar com a mesma. Este produto é indicado para tratar portanto para diversas apresentações musculares, como lombalgias, fibromialgia, periartrite escapuloumeral, torcicolo, cervicobraquialgias, entre outros.

Este produto poderá ser indicado ainda com um coadjuvante em outras medidas de tratamento, como auxilio no tratamento realizado por um profissional fisioterapeuta, auxiliar no repouso que poder aliviar muito os sintomas relatados anteriormente.

Importante citar ainda que esta substância é contra-indicada para pacientes que apresentam alergias a ciclobenzaprina e ainda não deve ser usado durante o período de gravidez e da lactação.

Cloridrato de Ciclobenzaprina – Mais Informações

No caso de ocorrer quaisquer reações adversas ou não esperadas do medicamento, é de fundamental importância que você avise seu médico o quanto antes. Dentre essas reações adversas que podem acontecer estão: sonolência, tonturas, enjoos.

Sendo assim, é recomendado que você evite dirigir qualquer veículo ou operar máquinas durante o período de tratamento. Outro ponto importante a se falar a respeito do Cloridrato de Ciclobenzaprina é que ele tem a propriedade de alterar e aumentar os efeitos do álcool, dos barbituratos e dos outros depressores do SNC.

Isso ocorre por conta de sua composição (fórmula farmacêutica), pois em cada comprimido de 5 mg, é possível encontrarmos celulose microcristalina, fosfato tricálcico, croscarmelose sódica, lactose, estearato de magnésio, dióxido de titânio rutilo, óxido de ferro, hidroxipropilmetilcelulose, polietilenoglicol e água deionizada.

No mercado de farmácias encontraremos este produto sendo vendido por um preço médio variável entre R$10,00 e R$25,00 porém normalmente encontramos pelo preço médio de R$15,00.

Bom, encerramos nosso artigo aqui recomendando mais uma vez que você jamais faça uso de qualquer medicamento sem prescrição médica, nem mesmo este produto citado particularmente no artigo. Tais informações servem somente a título de curiosidade para pessoas leigas no assunto.

Confira no vídeo abaixo uma reportagem sobre a importância do relaxamento muscular, que pode ser obtido de diversas formas.

Chia Para Emagrecer – Confira Todos seus Benefícios e Como Usar

Chia para Emagrecer

Emagrecer de forma rápida, sem muito esforço e podendo comer de tudo o que gosta, na quantidade que desejar, com certeza é o sonho de todo mundo que tem aqueles quilinhos a mais ou então está já com um sobrepeso bastante incomodo.

Porém sabemos que milagres deste tipo não acontecem, assim, quem deseja e precisa perder peso deve mudar radicalmente seus hábitos alimentares e de vida, passando a comer corretamente e nas horas certas e adotando a prática de exercícios. Atitudes de vida mais saudáveis como estas sem dúvida alguma contribuirão para o seu processo de emagrecimento de uma forma certa e tranquila.

Mesmo assim é sempre bom ter uma ajudinha não é mesmo? Com as descobertas recentes da ciência, muitos novos alimentos passaram a compor a alimentação das pessoas, em sua maioria alimentos naturais e funcionais, ou seja, além da função nutricional, eles assumem também diversas outras funções de auxílio ao bem estar do organismo e para seu funcionamento correto.

A Chia auxilia no emagrecimento saudável

E um destes produtos que está em grande alta neste momento nas prateleiras dos supermercados e nos anúncios na TV é a chia, uma semente originalmente vinda do México, muito rica em nutrientes, de cor e aparência escura, com sabor semelhante as nozes e que oferece uma série de vantagens para a saúde de quem faz uso regular da mesma, podendo ser inclusive uma aliada decisiva na vida de quem precisa e pretende perder peso de uma forma tranquila, sem comprometer sua saúde.

Quais São os Principais Benefícios da Chia para Nosso Organismo?

Como dito anteriormente, este produto “sensação” do momento realmente é benéfico para diversos usos em nosso organismo, alguns destes benefícios já estão comprovados e outros aguardam comprovação científica. Confira a seguir os principais benefícios:

Reduz a Sensação de Fome

Por ser riquíssima e conter grande quantidade de fibras solúveis e insolúveis, a chia auxiliam a perfeita regulação do trânsito intestinal, prevenindo ou até mesmo acabando com o terrível problema de prisão de ventre.

Quando comparada a aveia por exemplo, a chia ganha disparada na quantidade de fibras em uma mesma porção, e é justamente esta quantidade de fibras que produz maior sensação de saciedade, pois todos sabemos que em contato com líquidos presentes no estômago as fibras transformam-se em uma espécie de “gel”, que “dilata” o estômago, dando a sensação de saciedade.

Auxilia o Bom Funcionamento do Coração Graças a Grande Quantidade de Ômega-3

Utilizar a chia regularmente satisfaz em até 400% nossa necessidade diária de consumir o Ômega-3, uma substância capaz de proteger nosso coração de diversos tipos de doenças cardiovasculares, atuando na redução da formação de coágulos sanguíneos e das arritmias, que possui ainda propriedades auxiliares na diminuição do colesterol sanguíneo, sem falar do benefício de aumentar a sensibilidade à insulina, do fortalecimento do sistema neurológico e da maior absorção de outros nutrientes.

Por fim, consumir regularmente o ômega-3 possibilita que o organismo regule melhor a pressão dos vasos sanguíneos, pois o produto aumenta a fluidez sanguínea, contribuindo decisivamente para o controle da pressão arterial.

Excelente Fonte para Absorção de Cálcio

Algumas pessoas podem apresentar deficiência em uma enzima que auxilia na absorção do cálcio em nosso organismo, processo fundamental para evitar o aparecimento ou “controlar” a osteoporose, que é um processo constante de perda do cálcio, que de forma resumida é um grande constituinte dos ossos.

Por isso é necessário consumir produtos que sejam ricos neste nutriente, e onde mais o encontramos é no leite. Porém muitos não gostam ou são intolerantes a lactose. Aqui a chia mais uma vez pode entrar como fator decisivo, pois 100 gramas do produto (7 colheres de sopa) pode conter até 6 vezes mais cálcio que meio copo de leite integral comum.

Riquíssima em Ferro

O ferro é também elemento fundamental que deve estar presente em nossa dieta, e segundo as pesquisas realizadas recentemente, cerca de 100 gramas de chia oferecem uma quantidade 3 vezes maior de ferro ao nosso organismo que a mesma quantidade de espinafre por exemplo, um dos alimentos mais ricos neste sentido.

Assim, consumir a quantidade correta de chia (que veremos qual é adiante) pode representar aproximadamente 70% de nossas necessidades diárias de consumir ferro.

Oferece Muita Proteína

Consumir diariamente a dose indicada da chia pode auxiliar a todos na manutenção ou reconstrução da massa muscular por conta da alta quantidade de proteína presente, além disso, o uso regular da semente contribui para o fornecimento de energia para nossas células nervosas e ainda de complementar as necessidades proteicas diárias, tendo aproximadamente 10% de nossas necessidades diárias deste nutriente essencial.

 Rico Também em Magnésio

Outro nutriente fundamental em uma dieta saudável, consumir a quantidade correta de chia diariamente irá contribuir para absorvermos aproximadamente 28% de nossas necessidades diárias de consumo de magnésio, que é muito encontrado também no brócolis.

Contribui para Uma Melhor Visão

A chia contribui também para uma melhora considerável do sistema imunológico, além de proteger a pele e nossos olhos contra o processo natural de envelhecimento, pois seu consumo contribui com aproximadamente 20% de nossas necessidades diárias de vitamina A.

Muito Rica Também em Potássio

Quem pratica exercício físico sabe o quanto são dolorosas as câimbras, por isso, o consume regular da chia também pode contribuir para amenizar este problema, pois contém também em sua composição muito potássio, nutriente essencial na manutenção dos nossos músculos. Consumir a quantidade correta da chia portanto contribui com 7% das necessidades diárias deste nutriente.

Vitaminas do Complexo B

Estes nutrientes são responsáveis pelo perfeito funcionamento do nosso sistema nervoso e contribuem ainda no metabolismo de nossas células. Consumir a chia regularmente também contribui decisivamente para a correta absorção destes nutrientes.

Combate aos Radicais Livres

Por conter muitos antioxidantes (substâncias que combatem os terríveis radicais livres), a chia tem papel muito importante portanto contra o processo de envelhecimento celular, prevenindo nosso organismo contra vários tipos de doenças que isso pode causer, até mesmo o câncer.

Manganês Extra

Este nutriente tem papel importantíssimo na estimulação do crescimento do nosso tecido ósseo e também do tecido conjuntivo. Portanto, consumir a quantidade correta de chia regularmente pode contribuir com até 64% de nossas necessidades diárias de manganês.

Contêm Ainda Muito Zinco

O zinco atua principalmente regulando atividades do nosso organismo como a imunidade, nossos sentidos como paladar, olfato e visão. É responsável ainda por promover a liberação do hormônio do crescimento e auxiliar na formação do colágeno, importantíssimo principalmente para nossa pele. Consumindo a chia, você encontrará aproximadamente 13% de toda necessidade nutricional diária de zinco.

Outro Ótimo Benefício é a Oferta Abundante de Cobre

Este nutriente tem papel crucial na facilitação da absorção do ferro por ser um importante catalisador na formação da hemoglobina, além de agir em outros locais, como na melhora da imunidade e na formação de elastina e colágeno, contribuindo decisivamente com 30% de nossas necessidades diárias de cobre.

Como Usar a Chia Corretamente

Anteriormente aos falarmos sobre seus principais benefícios, utilizamos muito o termo “usar a chia na quantidade correta”. Mas que quantidade exatamente é essa?

Pois bem, apesar dos excelentes benefícios e contribuição para nossa saúde, não podemos abusar e consumir livremente este produto, até mesmo por conta do alto índice de calorias (164 por porção), desta forma, a quantidade correta recomendada de chia para emagrecer ou para saúde de forma geral, é de 25 gramas diárias ou uma colher de sobremesa do produto.

Você encontrará a chia sendo oferecida no mercado de 3 formas: em sua versão em óleo, que pode ser utilizada principalmente em saladas, como farinha e grão inteiro, que podem ser adicionados em pães, pates, vitaminas, leite, suco, bolachas, saladas, entre outros alimentos.

Após Vermos Tudo Isso, Existe uma Pergunta a Ser Respondida: A Chia Realmente Emagrece?

Pois bem, após vermos todas estas informações e de suas propriedades e baseados em diversos estudos recentes, podemos afirmar com toda certeza que a chia para emagrecer é sim um poderoso auxilio na sua dieta.

Caso tenha restado alguma dúvida ou precise de maiores informações, não deixe de nos escrever um comentário utilizando o formulário abaixo.

Alimentos que Deixam a Pele Mais Jovem

Alimentos que Deixam a Pele Mais Jovem

A beleza hoje em dia é um mal demasiadamente valorizado pelas pessoas e cria diversos problemas que poderiam ser evitados se as pessoas não ligassem tanto para as aparências das outras ao seu redor.

Bullying, discriminação e preconceito são alguns dos problemas ocasionados. Além disso, o ego e o narcisismo só crescem, criando pessoas cada dia mais superficiais e que procuram todas as fórmulas mágicas para ficar com o corpo mais lindo e invejável.

Saiba que não é necessário chegar a tal ponto! Uma boa alimentação é mais do que o suficiente para deixar qualquer pessoa saudável e com melhor aparência. Existem alimentos que deixam a pele mais jovem e o melhor de tudo é que eles são naturais, ou seja, não fará mal nenhum ao corpo e seu organismo só terá a agradecer pelas ótimas escolhas.

Conheça 2 Alimentos que Deixam a Pele Mais Jovem

Para início de conversa, os melhores alimentos do Mundo não darão um aspecto jovial à pele se a pessoa não ingerir líquido suficiente. Beber bastante água e diversas vezes ao dia é a chave para dar o start na melhor manutenção dos tecidos. Fica o conselho: tente beber de 2 a 4 litros de água por dia, dependendo do seu nível de atividade física.

1# – Acerola

A acerola, em especial, porque é um dos alimentos com a maior quantidade de Vitamina C na natureza. Um simples copo de suco desta fruta diariamente já supre as necessidades basais de Ácido Ascórbico!

Quem não gosta de acerola, não tem problema. Limão, laranja e kiwi são outras fontes. A Vitamina C trabalha junto à formação de colágeno, que dá elasticidade para a pele, e também luta contra os radicais livres, evitando envelhecimento precoce.

2# – Alho

O alho ajuda na desintoxicação e no combate aos radicais livres graças ao sulfeto, uma substância que auxilia na manutenção dos tecidos e articulações.

O segredo está em triturar um dente por dia e comer junto aos outros alimentos como tempero.

Dicas para Conservar Alimentos Corretamente

Dicas para Conservar Alimentos Corretamente

A medicina está avançada e a expectativa de vida só tende a crescer. Apesar disso, se as pessoas se conscientizassem mais sobre boas técnicas de higiene, bem como se alimentassem melhor, conseguiriam viver ainda mais e com qualidade de vida superior.

A grande desculpa para seguir uma má alimentação é a falta de tempo. Quem trabalha não quer perder tempo cozinhando, então come mais fast foods do que deveria. Além disso, quando cozinham, colocam os alimentos na geladeira de qualquer jeito para comer no dia seguinte ou no restante da semana, então se dão conta de que o sabor não é o mesmo.

Caso soubessem algumas dicas para conservar alimentos corretamente, elas poderiam comer melhor e mais vezes durante o mês. Neste artigo, você conferirá tudo que há de importante sobre isso!

Melhores Dicas para Conservar Alimentos Corretamente

Um alimento que foi devidamente cozido ou assado matou todos os microrganismos patogênicos, portanto, o segredo está em não oferecer condições para que eles se reproduzam novamente e infestem seu alimento.

Ao terminar de cozinhar, a temperatura do alimento está alta. Retire a porção que você ingerirá na hora e rapidamente coloque todo o alimento em uma recipiente. Lembre-se que este deve estar devidamente limpo e higienizado para não contaminar a comida!

Então, você terá duas opções: geladeira ou freezer. Escolha a primeira opção se a porção é pequena e você comerá rapidamente, dentro de poucos dias. Caso pretenda guardar por 1 semana, por exemplo, prefira o freezer! Muito mais seguro para longos períodos.

O grande problema é que muitas pessoas deixam as panelas sobre fogão após terminar de cozinha-los, dando brecha para que novos microrganismos apareçam. Tem que ser rápido e dar choques de temperatura.

Acima de 65ºC, boa parte das bactérias morre, e abaixo de 8ºC, eles ficam inertes. Por isso, uma das principais dicas para conservar alimentos corretamente é evitar a temperatura ambiente o máximo possível.

73354