Alimentos com Vitamina E – Onde encontrar

Hoje em dia, nos preocupamos muito com um estilo de vida mais saudável. Dessa forma é importante saber onde podemos encontrar as vitaminas necessárias para que o nosso organismo sempre funcione benesse artigo, você irá conferir os alimentos com vitamina E que mais contêm essa importante vitamina.

Como encontrar uma boa fonte de vitamina E

Nos dias de hoje é difícil obter muita vitamina E com a dieta devido às perdas com o cozimento e processamento e à ingestão geralmente menor de gordura. Além disso, a ênfase atual na ingestão de gorduras monoinsaturadas, como óleo de oliva ou canola, em vez de gorduras poliinsaturadas que contenham vitamina E, diminui ainda mais nosso consumo da vitamina. Entretanto, as gorduras monoinsaturadas possuem outros benefícios para o coração, por isso, você não deve parar de usar os óleos de oliva e canola. É importante encontrar outras fontes de vitamina E.

alimentos-com-vitamina-e-01

Além disso, quanto menos gorduras poliinsaturadas você comer, menos vitamina E você precisará; logo, suas necessidades poderão ser menores se você passar a usar óleos de oliva ou canola.

Observe abaixo uma lista com os alimentos ricos em vitamina E e suas doses diárias:

  • Nozes
  • Cereal enriquecido com fibra, 1 xícara: aproximadamente 30,2mg
  • Óleo de gérmen de trigo, 1 colher de sopa: aproximadamente 24mg
  • Avelã; meia xícara: aproximadamente 16mg
  • Semente de girassol, 1 colher de sopa: aproximadamente 4.5mg
  • Amendoim, meia xícara: aproximadamente 8mg
  • Castanha do Pará, meia xícara: aproximadamente 6mg
  • Óleo de algodão, 1 colher de sopa: aproximadamente 5mg
  • Milho, 1 espiga: aproximadamente 5mg
  • Óleo de cártamo, 1 colher de sopa: aproximadamente 5mg
  • Amêndoa, meia xícara: aproximadamente 4mg
  • Óleo de milho, 1 colher de sopa: aproximadamente 3mg
  • Gema de ovo

Os Óleos e margarinas de milho, caroço de algodão, soja, cártamo e germe de trigo e nozes são excelentes fontes de vitamina E. Frutas, verduras e grãos integrais contêm menor quantidade. O refinamento de grãos diminui seu teor de vitamina E, assim como o processamento comercial e o armazenamento do alimento.
O cozimento dos alimentos em temperaturas elevadas também destrói a vitamina.

Por isso, um óleo poliinsaturado não tem valor como fonte de vitamina E se for usado para fritura. Suas melhores fontes são alimentos frescos e levemente processados, assim como aqueles que não são cozidos por muito tempo.

Confira também dicas de Vitaminas para queda de cabelo e Alimentos que reduzem o colesterol.

alimentos-com-vitamina-e-02

Quais são as quantidades recomendadas de vitamina E

No modo geral, a quantidade recomendada de ingestão diária de vitamina E é de 15 mg/dia. Uma vez que a vitamina E age como um anticoagulante e pode elevar o risco de problemas de sangramento, muitas agências têm especificado o limite máximo tolerável de ingestão em 1.000 mg ( 1.500 UI) por dia.

Em casos de deficiência de vitamina E

Geralmente, a deficiência de vitamina E ocorre em pessoas que não conseguem absorver a gordura na dieta, como bebês prematuros com pouco peso e adultos com desordem rara de metabolismo de gorduras.

Dessa forma, a deficiência de vitamina E é geralmente caracterizada por problemas neurológicos devido à condução nervosa prejudicada. Indivíduos que não conseguem absorver gordura podem precisar de suplementos de vitamina E. Pessoas com fibrose cística e problemas de absorção — como doença de Crohn, doença no fígado ou insuficiência pancreática — devem discutir com seu médico a necessidade de suplementos de vitamina E.

Deixe um comentário

46313