Calendário do Bolsa Família 2014

Calendário do Bolsa Família 2014 – Confira os Meses de Pagamento

 Calendário do Bolsa Família 2014   Confira os Meses de Pagamentopinit fg en rect gray 20 Calendário do Bolsa Família 2014   Confira os Meses de Pagamento

Apesar de sofrer duras críticas e diversos questionamentos sobre sua legalidade e moralidade, é fato inegável que o Programa Bolsa Família, desenvolvido pelo Governo Federal ainda durante a gestão do ex-Presidente Lula, é um dos maiores programas de transferência direta de renda do mundo, pois beneficia milhões de famílias brasileiras que se encontram em situação de altíssimo risco de sobrevivência, estando abaixo da linha da pobreza e da miséria extrema.

Integrante do Plano “Brasil Sem Miséria”, o Bolsa Família beneficia atualmente cerca de 16 milhões de brasileiros, que tenham como renda familiar per capita valores inferiores a R$ 70,00 mensais.

E ao contrário do que pensa a imensa maioria das pessoas que são contra este Programa, é necessário informar que ele não é simplesmente uma forma de assistencialismo “barato”, não é apenas “dar dinheiro por dar”, pelo contrário, ele está baseado em 3 pontos principais:

  • - o primeiro deles é claro fazer uma distribuição de renda mais justa, garantindo uma renda básica às famílias assistidas que tanto necessitam;
  • - o segundo ponto do Programa é criar algumas “condições” para participação e permanência no mesmo, garantindo portanto que tal população tenham acesso a serviços (e direitos) básicos, tais como educação, saúde, moradia, assistência social, entre outros, até porque, as famílias que não cumprirem não podem participar mais;
  • - por fim, o Bolsa Família visa ainda criar condições para que estas pessoas possam por si mesmas deixarem suas condições de vida atual, e as ações aqui são principalmente de garantir aos participantes acesso ao ensino de qualidade e cursos de formação profissional.

Pois bem, dito isto, é importante frisar que independentemente dos resultados das próximas eleições, seja qual partido ou coligação que vencer a corrida para Presidência da República, é quase certeza que este Programa será mantido, pois seus resultados obtidos comprovam sua eficiência.

Calendário do Bolsa Família 2014 – Como Fazer Inscrição no Programa

Antes de falarmos precisamente sobre o Calendário do Bolsa Família 2014, devemos informar para aquelas famílias interessadas e que possuem direito de participação no Programa, como fazer inscrição.

Pois bem, para se inscrever no Projeto é necessário primeiramente procurar a Prefeitura de sua cidade e pedir sua inscrição no “Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal”. Caso sua família não ultrapasse a renda de R$ 140,00 para cada um dos membros, você e sua família poderão ser inclusos no Programa.

Após fazer sua inscrição e sua aceitação, você receberá em casa sem custos um cartão do Programa, com o qual poderá fazer o saque dos benefícios adquiridos nas agências da Caixa Econômica Federal bem como na Casas Lotéricas. Para consultar quais valores sua família terá direito de receber e as condições, acesse o link a seguir: “Consultar Valores dos Benefícios“.

Confira Agora o Calendário do Bolsa Família 2014

Em todo início de ano o Governo Federal divulga a relação das datas que serão feitos os pagamentos dos benefícios, portanto, para facilitar sua vida e para te ajudar a planejar seu orçamento da melhor forma, confira na sequência as datas de pagamento no Calendário do Bolsa Família 2014.

Calendário do Bolsa Família 2014

Calendário do Bolsa Família 2014

Devemos fazer a seguinte ressalva: o calendário mostrado acima é o que ainda está em vigor neste momento e que vale até o final deste ano, portanto, em pouquíssimo tempo será disponibilizado a versão 2014 do mesmo, que você poderá encontrar aqui em nosso site.

Confira também Quem tem direito de receber bolsa família e fique informado sobre isso o direito e também dos valores pagos pelo governo.

32 ideias sobre “Calendário do Bolsa Família 2014 – Confira os Meses de Pagamento

  1. Adriana Corcino

    Tenho um comentário a fazer. Conheço famílias que recebem R$120.00 a R$200.00 de bolsa família sem necessidade de obter o programa pois moram em residência própria, o chefe de família ganha muito bem enquanto eu ganho R$95.00 pago aluguel, água, luz, tenho duas crianças e meu marido é o único que trabalha e este mês meu bolsa família veio R$65.00 e ainda não entendi o porque.

    Gostaria de uma resposta pois isto é uma injustiça pessoas que não têm a necessidade de receber o programa e recebem comparado à pessoas que já não tem um salário adequado para toda família ganhar menos do que as desnecessárias.

    Responder
    1. Edinete

      Para saber mesmo o motivo seria bom você ir na prefeitura de sua cidade e fazer a reclamação. Minha sogra esteve lá para recadastrar e viu muitas mulheres reclamando disso. Pois ainda tem jeito de você saber o porque. Não deixe de ir e boa sorte!

      Responder
  2. Lucila Rodrigues

    Conheço famílias que recebem de R$120,00 a R$200,00 de Bolsa Família sem necessidade de obter o programa, pois moram em residência própria, o chefe de família ganha muito bem enquanto eu ganho R$32,00, pago aluguel, água, luz e tenho uma filha de quatro anos, mas não entendo porque ganho tão pouco.

    Responder
  3. Thais Chagas de Oliveira

    Eu tenho duas filhas, moro de aluguel, sou sozinha pra tudo, ganho 134 reais, so não dá pra muita coisa porque minhas filhas estão na fralda ainda e mamão leite o que posso fazer?

    Responder
  4. Sidirléia Farias Braga

    Tenho três filhos e eu acho pouco, sé recebo R$ 96,00 não trabalho e pago aluguel. Gostaria de saber porque eu recebo tão pouco, pois conheço pessoas que trabalham e recebem R$ 130,00! Qual a diferença?

    Responder
    1. Janaína

      Depende da sua renda, se você falou que sua renda é de um sálario mínimo, este valor é dividido de acordo com seus gastos, ou seja, é a partir dessa informação que eles tiram o quanto você irá receber. Se você falar que ganha R$ 100,00 irá receber cerca de R$ 313,00.

      Responder
  5. Mirian Cristina Ferreira Xavier

    Não entendo como várias pessoas receberem R$200,00 de beneficio, muitas vezes sem necessidade, enquanto eu que sou sozinha não tenho como trabalhar, pago aluguel, recebo apenas R$134,00. Como pode um programa social que foi criado pra beneficiar famílias mais carentes estar muitas vezes beneficiando pessoas que nem precisam?

    Responder
    1. Diego Soares

      Mirian,

      Infelizmente essa é uma realidade de milhões de brasileiros, e por falhas do governo, essa má distribuição de recursos não tem data para acabar…

      Responder
  6. Priscila

    Não trabalho e tenho duas filhas, também acho que se o bolsa família auumentar só mais um pouco me ajudaria muito mais, não é facil ser abandonada pelo pai e não ter condições pra dar-lhe uma boa educação.

    Responder
  7. Elaine Gomes da Silva

    Pouco ou muito só tenho a agradecer pois bolsa família é uma ajuda, as pessoas ficam dependente do benefício ao em vez de procurar fazer algo para aumentar a renda da família, melhor pouco do que nada, tem pessoas que nem tem como receber!

    Responder
    1. Luana

      Eu também acho que falam demais em vez de agrandecer. Sorte igual a essa não sai de qualquer lugar não, eu tenho bolsa família e vendo lache pra poder ter um pouco mais, tenho 3 filhos e graças ao bolsa familia não falta nada para eles.

      Responder
  8. Wane Bernardo

    Tenho uma filha, só recebo R$ 102,00 de bolsa familia, não trabalho, pago pessoas para olhar minha filha enquanto minha vizinha trabalha, pega o bolsa familia de R$ 120,00 tendo uma filha também, queria saber por que isso, qual a difrença?

    Responder
  9. Fernanda Cioni Rocha

    Tenho 3 filhos pequenos, pago aluguel, água, luz, só eu trabalho, ganho R$ 120 e recebo apenas R$ 96 de bolsa família, sendo que colegas minhas tem apenas 2 filhos marido, trabalham e recebem R$ 200, como faço para reajustar?

    Responder
  10. Joana Cristina

    Conheço pessoas que não tem filhos e ganham bolsa familia R$ 200,00. Tenho uma filha de 3 anos ganho R$ 32, não trabalho, isso é muito injusto. Vocês tem que rever seus conceitos e verificar a situação daqueles que necessitam mais.

    Responder
    1. Diego Soares

      Joana,

      Esse site não é responsável pelo Bolsa Família, ou seja, nós apenas divulgamos informações a respeito desse programa. Para rever seu benefício você deve se dirigir aos órgãos responsáveis em sua cidade.

      Boa sorte!

      Responder
  11. Gilsara

    Aqui em Piancó, na Paraiba, tem gente que recebe R$ 450,00 do programa e só tem 2 filhos, eu tenho 3 e tem mês que vem R$ 180,00, em outro vem R4 188,00 e assim vai…
    o Bolsa Família me ajuda muito, mas tem gente que recebe o valor no lugar de mais 2 famílias!

    Responder
    1. Nea

      Trabalhei na central 156 e vou explicar à todos voceis qual o motivo que muitos ganham pouco e outra ganha a mais. Quando voceis fazem o cadastro do programa voceis colocão todos os seus gastos e ganhos, a renda é percapita o que diz que por pessoa da família tem que gastar por mês R$ 70,00 se tiver 3 membros não pode passar de uma renda de R$ 210,00 nesse cálculo o programa paga o complemento da renda do brasileiro, então não adianta ter muitos filhos porque não se recebe por quantidade de filhos e nem moradores da residência. Esse programa é apenas um complemento para a renda.

      Não pensem que com isso vocês não devam trabalhar e planejar os filhos que vão ter. Numa residência pode ter 10 pessoas eles vão verificar o valor da renda entre os dez membros e vai completar sua renda. Uns podem ganhar R$ 1,00 e assim por diante. Isso é um incentivo para os pais manter seus filhos na escola, vacinas em dia, pré natal das gestante.

      Falando o Português claro li vários depoimentos que uns pagam aluguel, luz, água, alimentação, vestuário, mas dizem que não trabalha e que recebem pouco, então como estão fazendo para se manter no dia à dia? Não é preciso ter carteira assinada, as pessoas fazem bicos, e não é só a renda da mãe que conta, mas sim de toda a familia.

      Pense bem, isso somente é um complemento da renda de vocês, ou seja, precisa trabalhar, existem várias ofertas de emprego nos cats.

      Responder
  12. Maria Silvia Alves Araújo

    Meu Bolsa Família está bloqueado desde de Setembro de 2013, já estive 4 vezes na prefeitura, mas nada foi resolvido, tenho 2 filhos, uma de 15 e outro de 4 anos, preciso muito dessa ajuda, por favor me ajude, pois estou precisando!

    Responder
    1. Nea

      Oi Maria,

      Trabalhei na central 156 de São Paulo, para o seu beneficio estar bloqueado você deve ter descumprido alguns regulamento do programa bolsa familia, presença escolar, falta de vacinação em menores, recadastramento.

      O que você deve fazer procurar o cras mais proximo na sua região, levar todos os documentos exigidos, o desbloqueio vai ser verificado. Caso tenha feito o recadastramento o prazo são 90 dias e já tenha passado esse prazo você precisa comparecer no cras, nem todos os recadastramentos estão garantidos, para que você volta a fazer parte do programa bolsa família.

      Espero ter ajudado!

      Responder
  13. Lucilene

    Pouco ou não, temos que agradecer a Deus, pois imagine se não ganhássemos mais nada? Só ficar reclamando não adianta e o que faltar é só trabalhar ou fazer um bico, temos que correr atrás.

    Responder
  14. Eduardo Santos

    Agradeço a Deus por ele ter dado este beneficio a mim e a toda minha família, nós recebemos R$ 102,00 que são bem vindos para honra e glória do Senhor.

    Responder
  15. Cristina de Túlio de Paula

    Olá, meu nome é Cristina, recebemos o bolsa no começo de dezembro e estou com dúvidas sobre se recebemos também no final de dezembro.

    Responder
  16. francielle

    Eu tenho uma filha de 3 anos e ganho 32 reais não trabalho e moro de favor eu deveria ganhar no máximo 102 reais. Queria saber porque eu não tenho renda fixa e ganho só isso?

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>